UNIR promove primeira Reunião de Trabalho para elaboração do PDI 2019-2023

Publicado em: 20/03/2018 10:11:09

Objetivo foi apresentar a metodologia que será utilizada para elaboração do próximo PDI da Instituição


Com o intuito de iniciar o planejamento estratégico da instituição para o período 2019-2023, a Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) realizou nos últimos dias 11 e 12 de dezembro, em Porto Velho, a I Reunião de Trabalho PDI 2019-2023. O evento aconteceu no auditório do Sebrae, nos períodos matutino e vespertino, e reuniu o reitor da UNIR, pró-reitores, gestores, presidentes das câmaras de graduação, presidentes dos conselhos superiores e representantes das unidades de apoio.

O objetivo da reunião foi apresentar a metodologia do ForPDI que será utilizada para elaboração do próximo PDI da Instituição, além de promover uma reunião de trabalho com os gestores da UNIR, divulgando informações e dados pertinentes sobre a Universidade que deverão ser repassados aos demais servidores e observados na elaboração do plano de desenvolvimento institucional.

Na abertura do evento, o reitor Ari Miguel Teixeira Ott falou sobre a importância de construir um PDI mais objetivo e condizente com a realidade da Universidade. O reitor expôs um breve levantamento das projeções e realizações do atual PDI da UNIR (2014-2018) e constatou que muito do que foi “planejado” à época, em 2014, não é possível de ser concretizado, seja por fatores internos ou externos como infraestrutura e orçamento.

De acordo com o reitor, o PDI tem sido mais uma “manifestação de desejos do que de poder” e para o próximo plano será fundamental utilizar “mais razão e menos emoção” a fim de concentrar os esforços nas reais necessidades e potencialidades da instituição.

Compartilhando da mesma ideia, o pró-reitor de Planejamento (PROPLAN), Otacílio Moreira de Carvalho Costa, acrescentou que o próximo PDI da UNIR será construído em um período de bastante instabilidade e em um ano eleitoral. “Esse cenário requer ainda mais atenção dos gestores para elaborar um PDI condizente com a realidade política, orçamentária e social do país”, disse.

Na tarde do primeiro dia do evento, os participantes tiveram a oportunidade de esclarecer dúvidas sobre o sistema e o funcionamento do ForPDI com três representantes da equipe que criou a plataforma: Tomás Dias Sant’Ana (UNIFAL), Eduardo Gomes Salgado (UNIFAL) e Edney Pereira Pinto (UFLA). Os três pesquisadores ministraram a palestra “FORPDI – Modelo de Referência para as IFES”, fizeram demonstrações sobre as ferramentas disponíveis e esclareceram as principais dúvidas em relação ao sistema.

Conforme a explanação do professor Tomás Sant’Ana, atualmente, 65 instituições já estão utilizando a plataforma ForPDI, cada uma em um estágio diferente.

O sistema permite fazer tanto a elaboração do documento do PDI em si, através da inserção dos dados, quanto o acompanhamento e gestão do plano. Segundo o professor Eduardo Salgado, a plataforma tem sido bem aceita inclusive pelos órgãos de controle devido à possibilidade de acompanhamento e gestão.

Ao final do evento, no segundo dia, a comissão do PDI UNIR 2019-2023 apresentou o cronograma de trabalho para 2018, que inclui a realização de encontros, oficinas e reuniões em todos os campi e núcleos. Após todo esse processo, a proposta deverá ser deliberada pelas câmaras de graduação e encaminhada para aprovação nos Conselhos Superiores. A intenção é aprovar o PDI no CONSUN até dezembro de 2018, com seis meses de antecedência do vencimento do atual PDI da UNIR, cuja vigência termina em junho de 2019.

Projeto ForPDI

O Projeto ForPDI foi desenvolvido para o Fórum dos Pró-reitores de Planejamento e Orçamento das Universidades Federais (Forplad). Trata-se de uma plataforma aberta para gestão e acompanhamento do Plano de Desenvolvimento Institucional de universidades federais e outras instituições públicas.

O ForPDI surgiu da necessidade de uma ferramenta de acompanhamento do PDI em tempo real, de forma colaborativa, eficiente, rápida e segura.

A partir de uma pesquisa extensa sobre a prática de planejamento nas IFES, combinada com desenvolvimento teórico do tema de estratégia no setor público, foi construída uma metodologia específica para essas instituições. Essa metodologia apresenta um passo a passo para viabilizar o planejamento e a gestão do plano estratégico nas Instituições Federais de Ensino Superior (IFES).

Com o ForPDI, é possível cadastrar todo o planejamento estratégico do PDI, inserir indicadores e os valores das metas alcançadas, monitorar o desempenho das metas, elaborar o documento do PDI, entre outras.

O software ForPDI e demais produtos (e-book e capacitação online) do projeto estão disponíveis gratuitamente para universidades federais e instituições públicas no site forpdi.org, juntamente com o manual do usuário e seu código fonte.

Sobre o PDI

O PDI, elaborado para um período de cinco anos, é o documento de gestão administrativa e acadêmica, instituído pelo Ministério da Educação (MEC) para as Instituições de Ensino Superior (IES) públicas e privadas, que identifica as IES no que diz respeito à sua filosofia de trabalho, à missão a que se propõe, às diretrizes pedagógicas que orientam suas ações, à sua estrutura organizacional e às atividades acadêmicas que desenvolve e/ou que pretende desenvolver.

É imprescindível, na elaboração do PDI, considerar como princípios, a clareza e a objetividade do texto, bem como a coerência, de forma a expressar a adequação entre todos os seus elementos, e a factibilidade, de forma a demonstrar a viabilidade do seu cumprimento integral.

É com base no PDI que as instituições públicas de ensino superior requererem do seu mantenedor, o MEC, os recursos necessários para o desenvolvimento do ensino, da pesquisa e da extensão.

*Publicado no portal da UNIR em: 13/12/2017.

Fonte: UNIR